[FP] McCarthy, Brenna Gallagher

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] McCarthy, Brenna Gallagher

Mensagem por Brenna Gallagher McCarthy em Ter Dez 24, 2013 2:03 pm



Brenna Gallagher McCarthy
Apelidos:
Bre, Brenn, Brennie, Gallagher.

Aniversário:
15 de Julho

Idade:
16 anos

Local de Nascimento:
Mullingar, Irlanda

Orientação Sexual:
Homossexual

Grupo:
Esquizofrênicos e Suicidas

Photoplayer:
Chloë Moretz.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Personalidade & Aparência

Brenna possui altura mediana (1, 63m), pele extremamente branca e olhos que oscilam entre o verde e o azul. Os cabelos são ondulados ora loiro claro ora loiro escuro, porém Brennie já o pintou de vermelho e castanho escuro. Ela costumava ser uma menina animada, leal aos amigos e que não media esforços na hora de ajudar os mesmo, carinhosa com todos e quase nunca era encontrada triste, sempre procurando ver o lado positivo das coisas. Porém tudo mudou quando uma situação vivida por ela sentenciou toda sua vida. Agora ela é uma menina solitária que vive trancada em seu quarto, tem medo de sair do Instituto e acha que é perseguida por pequenos seres conhecidos como “leprachauns” (duendes irlandeses). Se sente incomodada com a presença de desconhecidos, pois acha que eles irão levá-la para os leprachauns, que implantarão um chip nela para experiências e depois será torturada até sua morte. Brennie tem medo do escuro e de aranhas.

História

Brenna Gallagher McCarthy nasceu no dia 15 de julho de 1997, numa pequena casa no vilarejo de Mullingar, Irlanda. Filha de dois camponeses sem dinheiro algum para sustentar a pequena, Brennie fora entregue para um orfanato, onde foi adotada ainda com um mês de vida por dois empresários bem sucedidos de Dublin, Kathleen Gallagher e Callum McCarthy, e se mudou então para a cidade de seus novos pais, onde crescera. Apesar de todos os conflitos na família, teve uma boa infância e sempre foi o centro das atenções, sendo algumas vezes extremamente mimada. Sempre gostou de música, tendo seu primeiro contato com a mesma aos três anos, quando começou a fazer algumas batidas na velha bateria de seu pai. Conforme foi crescendo, seu gosto por artes e instrumentos musicais foi aumentando, e acabou tendo aulas de desenho, piano e canto. Sempre chamou sua atenção tanto pela sua beleza como pelo seu talento e seu jeito para confusões.
Porém todos seus problemas vieram aos seus 14 anos, quando sua casa fora assaltada por um grupo de seis ladrões. Brenna e seus pais foram amordaçados e ela fora estuprada e espancada enquanto seus pais assistiam a cena, completamente horrorizados. Quando os ladrões terminaram de abusar dela, eles espancaram e assassinaram cruelmente Kathleen e Callum na frente da garota. Aquele foi um momento de choque para ela. A garota passou alguns dias no hospital, por conta de todos os hematomas e ferimentos ganhos naquela noite, e após sua alta ela foi morar com sua tia, ainda em Dublin.
Depois de todo esse transtorno, Brennie nunca mais foi a mesma garota: ela não queria sair, não queria ver ninguém, tinha medo de ficar sozinha e medo de ficar no escuro. Sua tia a levou ao psicólogo, devido aos traumas que ela ganhara, mas o tratamento não tinha efeito algum. Brenna começou a ouvir vozes, que a todo o momento diziam que ela era a única culpada pela morte de seus pais e ela devia pagar a morte deles se suicidando. Foi o que a menina fez – ou tentou fazer. Em um dia qualquer, quando todos estavam dormindo, Brenna foi até o banheiro de sua casa, pegou uma lâmina e fez cortes pouco profundos no pulso, caindo desacordada no chão gelado logo em seguida. Porém sua tia acordou pouco tempo depois, por coincidência ou obra do destino, e foi ao banheiro e ao chegar lá se deparou com Brennie desacordada e imediatamente à levou ao hospital, onde a garota fora cuidada e (in)felizmente resistiu.
Ao retornar para sua casa, as alucinações começaram a ficar piores: as vozes começaram a chamá-la de adjetivos como “fracassada”, “perdedora”, “inútil”, entre outros. Brenna começou a ter delírios também: começou a ver os leprachauns seguindo-a, achava que eles e outros seres estavam a sua espera fora de seu quarto e que se eles a pegassem um chip seria implantado nela e a garota seria torturada, talvez até sua morte. Brennie tentou suicido mais duas vezes, uma cortando os pulsos novamente e a outra tomando medicamentos seguido de uma grande quantidade de álcool, porém nas duas vezes fora socorrida a tempo. Sua tia, temendo o pior, a encaminhou para o Instituto, onde ela reside até hoje.

Karla. 18 anos. KarlaMehllo.
avatar
Brenna Gallagher McCarthy
Suicidas
Suicidas

Mensagens : 4
Data de inscrição : 20/12/2013
Idade : 20

Ficha do personagem
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] McCarthy, Brenna Gallagher

Mensagem por Eva Stifler Wayne em Ter Dez 24, 2013 3:01 pm


ficha aceita


Seja bem-vinda ao instituto, pequena. Espero que não encontre muitos duende por aqui. Dúvidas, MP à qualquer membro da staff.

Btw, esse template adorável foi feito por [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] do fórum ops!
avatar
Eva Stifler Wayne
Drogados
Drogados

Mensagens : 121
Data de inscrição : 09/02/2013

Ficha do personagem
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum