[FP] Jones, Allie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Jones, Allie

Mensagem por Allie Jones em Dom Jan 26, 2014 2:29 pm



Allie Jones
Apelidos:
Allie odeia apelidos, por isso não tem

Aniversário:
Novembro/08

Idade:
20 anos

Local de Nascimento:
Gloucester, Inglaterra

Orientação Sexual:
Bissexual

Grupo:
Ninfomaníacos e Sadomasoquistas

Photoplayer:
Mila Kunis

Personalidade & Aparência
Dor. Dor. Dor. Provocar a dor. Sentir a dor. Transar. Essas são as únicas coisas que se passam pela cabeça de Allie. Ser espancada até sangrar, ser furada, amarrada e machucada na hora do sexo causa o maior dos prazeres a uma jovem de 20 anos. Quem a ve andando na rua, diz que ela é apenas uma menina sem nenhum tipo de distúrbio, mas está completamente enganado.
Os cabelos castanhos na altura do ombro e os olhos profundos castanho-esverdeados são apenas uma fachada para a confusão mental que existe dentro daquela mulher. Seu 1,65m de altura e seus 45 kg podem parecer fragilidade, mas não há nada mais forte que ela.
Seu corpo é sexy, cheio de curvas. Seus peitos não são tão grandes, mas seu quadril compensa qualquer falta.
O sonho de Allie Jones não era nada comum, poderia parecer estranho para uma pessoa normal, mas para ela era a coisa mais normal do mundo. Antes dos 25, ela queria transar com mais de cem pessoas. Um sonho supernormal levando em conta seu distúrbio, mas nesse sonho havia medo. O medo de pegar uma doença e ficar inválida para fazer sexo. Que tipo de doença seria aquela? Allie não fazia ideia, só sabia que tinha esse medo escondido nos cantos mais obscuros de seu cérebro.
Os homens gostavam de fazer sexo com ela, pois eles podiam usar violência a vontade e pedir para que ela fizesse qualquer coisa na cama. Sua flexibilidade era inacreditável devido aos anos de prática dessa “maravilhosa” atividade: o sexo.
Além de seu distúrbio, que ela procurava esconder, sua vida era um livro aberto, inclusive sobre os homens e mulheres que levava para sua cama e as drogas que usava. Ela nunca escondeu isso de ninguém.

História

• Allie nunca teve o pai presente na família e sua mão, que era alcoólatra e drogada não dava mínima para a filha. Espancava a pequena criança, muitas vezes chegando a ficar em carne viva.
• Sempre morou em Gloucester, lugar onde nasceu, numa casa de classe média num bairro pouco conhecido.
• Dinheiro era o que não faltava para a mãe e a filha, já que receberam uma herança milionária, mas essa abundância não significava nada na vida da menina já que a mãe a privava das coisas trancando-a no quarto por dia e muitas vezes deixando-a sem comida.
• Sua mãe sempre fazia programas quando se drogava e ela levava os clientes para a sua casa e a menina sempre ouviu tudo trancada no quarto ao lado do da mãe.
• Quando ela tinha oito anos, um dos clientes “fixos” da mãe ficou insatisfeito com o desempenho dela na cama e saiu pela casa procurando em que, ou melhor, em quem descontar até que achou o quarto de Allie e a menina lá dentro. Ele ordenou que tirasse a roupa e com uma algema na mão, prendeu a menina na cama. Abusou sexualmente dela e durante o ato a espancava.
• Nunca contou para ninguém o que havia acontecido naquele dia, e também não teria para quem contar. Ela nunca teve amigos.
• Aos dez anos, ela percebeu que já não se importava se a mãe batia nela e o estranho sentimento de prazer começou a brotar nessas ocasiões.
• Nunca desenvolveu mais nenhum sintoma, até seus 13 anos, a idade de sua primeira menstruação. O corpo dela já era mais desenvolvido do que todas as outras garotas e com uma maquiagem pesada, conseguia se passar por maior de idade.
• Com essa facilidade, aos seus 14 anos, foi a uma boate e com documentos falsos conseguiu entrar. Em uma noite ela transou com cinco homens e duas mulheres.
• O sexo era um trabalho para ela e ela se prostituía para se divertir com apenas 15 anos.
• Aos 16, uma garota de programa a levou em uma casa de sadomasoquismo e nessa noite ela deixou que a torturassem, a prendessem nos lugares mais loucos e também permitiram que ela machucasse as pessoas que estavam ali. Foi uma das melhores sensações que ela já tivera.
• Sua mãe morreu de overdose quando ela tinha 17 anos e então pode ficar com a casa. Não lamentou a morte de sua mãe, pois a mesma não fazia falta.
• Ela sempre soube que seu comportamento era inaceitável, mas não queria parar. Ela levava homens e mulheres para sua casa e fazia orgias e sessões de tortura sexual que podiam ser ouvidas por todos da rua em que morava.
• Na maioria do tempo estava drogada com as drogas mais pesadas.
• Ela chegou ao limite quando tentou abusar de um menino da vizinhança e quando foi impedida, agrediu os pais da criança. O Instituto foi chamado e ela foi levada sedada para o lugar onde teria seu tratamento.

Allie Jones. 20 anos. MP.
avatar
Allie Jones

Mensagens : 1
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 23

Ficha do personagem
Inventário:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum